Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

OH POR FAVOR… Não, não leiam em jeito de pedido de atenção/ajuda, mas sim com a entoação de quem já não aguenta o que está a ver/ouvir.


31
Out16

Isto de se aproximar os 40 tem muito que se lhe diga e, quando achamos que até estamos preparadíssimas para a coisa, eis que vêem as paranóias clássicas da crise de meia idade.

Se fosse gajo (com dinheiro), provavelmente compraria um qualquer descapotável vermelho, ou, mais adequado aos meus gostos, uma Kawasaki Ninja verde… sendo gaja a coisa deu-se para começar a ficar almariada com o corpo.

 

O facto há 20 anos não fazer qualquer desporto e de ter pouco ou nenhum cuidado com a alimentação não será práqui chamado. A culpa é dos 40 anos de gravidade em cima do lombo.. tudo desce ou cresce para a frente e para os lados.

 

Vai daí deu-se me uma epifania…. Comecei a dar-lhe nas sopas e batidos detox, reduzi o consumo de cerveja para 1 vez por semana (devidamente compensado obviously) e descobri um centro de estética fantástico a 200 metros de minha casa (sim, vou a pé, não levo o carro… até porque não há espaço para estacionar à porta).

Iniciei este mês umas sessões de Criolipolise (ide ao Google que pra preguiçosa já basto eu) e, enquanto aguardo os resultados da dita, querida Emilia alertou-me para a necessidade de fazer uns agachamentos e abdominais para evitar que a flacidez se venha juntar a todos os restantes dramas.

Cheia de boa vontade lá traço um plano, nada ambicioso mas exequível até por mim. Achava eu…

 

Pois é malta, agachar ainda vá… dói q.b. mas a coisa dá-se. Abdominais é que nem por isso.

 

Estou eu preparada para no 1º dia fazer pelo menos uns 15 quando na realidade consegui 5. Ou melhor… 4 + 1 espasmo, que aquele último nem abdominal se pode chamar.

Parecia algo saído de um documentário do Attenborough onde se via um qualquer animal a contorcer-se depois de ter sido apanhado numa armadilha para ursos! Tã Ursa…

Nunca assisti, felizmente, a uma matança do porco mas tenho cá pra mim que o nível de guincharia seria em tudo idêntico ao que se passou no chão da minha sala.

 

No dia seguinte tive algumas dores (que até o riso dificultaram) mas se dói é porque estão a funcionar!

2º dia fiz 6, sem espasmos embora com algum contorcionismo.

3º dia, 7 e por ai fora.

Hoje vou para os 10 e aposto que já não guincho

 

Mas enfim, a luta continua que a Crio demora 30 a 60 dias a mostrar resultados e não quero ficar flácida.

Não percam os próximos capítulos de O Espasmo Continua!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não, não leiam em jeito de pedido de atenção/ajuda, mas sim com a entoação de quem já não aguenta o que está a aturar!

“Oh por favor, deslarga-me!” - Qualquer coisa deste género (que português inventado também é necessário para marcar uma posição.

Este espaço não pretende ser agradável, pedagógico nem trará respostas a dúvidas existenciais. É apenas um escape! Um meio que a autora (pessoa bonita e magnânima pá) encontrou para despejar as frustrações e irritações de uma vidinha sem sal.

Não haverá meias palavras e a expressão “Morram Todos!...” será uma constante. Só não é o nome do blog porque… olha porque há dias em que até estou bem disposta;)

(para os mais sensíveis: Morram todos não é uma praga, já que na realidade criaturas… lá calharemos todos!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

29
Out16

Pessoas que param no fim das escadas rolantes…

Digam-me lá se já não vos aconteceu ter uma criatura destas mais preocupada com o seu telemóvel da moda do que com povinho alheio?...

Animais que, por falta de massa encefálica, não têm capacidade para perceber que a escada é rolante, movel portanto, e que quem vem atrás deles não vai entrar em loop, mecanismo da escada adentro... logo, nao poderá ter uma besta especada a ocupar o espaço de saida da dita! Será assim tão dificil?

Devia de haver uma força policial, cuja autoridade fosse abusivamente exercida no topo de cada escada rolante (em serviço, que também as há paradas e é uma porra subi-las), que incapacitasse momentaneamente cada besta destas com um taser.

Era vê-los a descobrir, em espasmos, que há mais no seu corpinho do que o próprio umbigo!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D